A VERDADE – sentido/absurdo

Absoluto e o maior absurdo é homem para si mesmo

A-VERDADE–sentido/absurdo
A VERDADE – sentido/absurdo

A verdade torna-se sensata no momento quando serve de alguma maneira para qualquer pessoa. Caso contrário, é apenas uma ilusão. Qualquer verdade com qual o homem se identifica e a assume como a sua própria, naquele momento se torna a ilusão. Devido a esta regra, as pessoas em relações religiosas muitas vezes caem em fanatismo. Tão logo o homem se identifica com a qualquer verdade ou a aceita como  sua própria, ela se transforma em fanatismo.

Neste momento o fenômeno de terrorismo é resultado deste fato. Porque uma verdade religiosa, que também é uma verdade viva ou objetiva de uma sociedade, passou a ser a verdade subjetiva, porque alguém tenha se apropriado dela, e dela emerge o terrorismo de massa. Naquele momento, quando não há mais o diálogo, toda verdade, a mais santa que estiver, se torna em uma ilusão e, assim, em um absurdo.

Na verdade, as pessoas apenas servem um ao outro. Enquanto eles estão subordinados um ao outro, a verdade pode viver entre eles como o respeito, a humanidade, a amizade e o amor.

O grande problema de hoje é a vaidade ou egoísmo. Este é o amor que as pessoas querem apenas para si. Com a tentativa de serem amadas apenas para si mesmo, tornam-se cada dia mais e mais pessoas ilusórias. Isso é muito perigoso. Porque apenas um passo decide sobre – ser real ou cair no fanatismo.

Este é único problema de religiões. A partir de diferentes religiões surgem muitas verdades da vida, que estão no local onde se tornam vivas, pois as pessoas as compartilham. Elas tornaram-se problemática apenas quando pessoa as possuam e tomá-las como suas absolutas. A verdade convertida leva o homem a seu próprio dogmatismo, que é a base do fanatismo.

O sentido da fé é que o homem em situações críticas não se desespere e continua sendo o homem. Crença reaç não é para as massas, mas é o mistério do poder da intimidade mais profunda de cada indivíduo.

Portanto o homem não deve buscar a verdade para encontrar o próprio sentido, mas deve dar o sentido a primeira pesso que encontrará no caminho. Se não for capaz disso, nunca poderá encontrar o sentido em qualquer lugar. Só a disposição para ser o sentido para alguém, pode torná-lo significante.

Ninguém pode ser sentido para si mesmo. No entanto, este é precisamente o grande problema do mundo moderno, onde há muita oferta para seu próprio propósito. Quando as pessoas sentem a segurança ou a auto-suficiência em sua própria realidade, começam-se a perder do mundo real e acontece a escuridão. entre estas performances. Porque cada uma delas encontra um sentido ilusório em uma das suas ilusões.

O que é terrorismo? Quando entre as pessoas a ilusão prevalece sobre a realidade, uma das consequências disso pode ser o fanatismo. E o valor da vida humana torna-se zero. O terrorismo de hoje, a razão mais insensata para perder a vida, é o resultado de sistemas ilusórios do homem moderno. O mais assustador é que esta praga do absurdo humano tornou-se uma condição completamente normal de nossa existência.

A ilusão sempre significa irresponsabilidade de indivíduo para suas ações. Nelas as pessoas não se responsabilitam pelas suas palavras faladas e ações. Elas justificam suas ações com mil razões, mas não tomam a responsabilidade nenhuma por elas.

Apenas um amigo pode dar muito peso, muito mais do que toda a ilusão deste mundo. Portanto, para ter o equilíbrio é suficiente ter, pelo menos, um amigo. Esta é a tendência para o próximo. Principalemente isso que dá segurança e a realidade para vida. Qualquer um que esteja ciente disso, com toda esta ilusão ao volta, só pode se sentir mal. A ilusão faz de cada homem  apenas a imagem morta.