Dia no dia

Com quaisquer pensamento sobre algo ou alguém, estás a doar um posto àquilo que está em ti

Dia-no-dia
Dia no dia

Não existe apenas uma flor … mas também existe uma flor em ti – não existe apenas o céu … mas també existe o céu em ti e não existe apenas um dia … mas também um dia no dia para se abras o posto para si. Mesmo a planta sente o teu pensamento, porque segundo essa tem um posto em ti, e como não fosse para o homem?

O teu corpo – cada parte do teu corpo deve ter o seu posto em ti, porque não só a alma vive no corpo – mas também o corpo na tua alma.

Nada jamais tivera a própria consciência, mas um homem num homem desperta a consciência através da sua permissão. A natureza foi misericordiosa em permissão. Ao passar por suas florestas, pradarias, rios … podes experimentá-lo através de sua permissão, mas não deixe que te enganasse a própria beleza interior.

Com o conhecimento abrimos as flores de própria aceitação, e o homem é um ser que pode abrir a flor de toda a criação – nas palmas de completa aceitação ainda o flor do reino do céu. O reino do céu tem um posto apenas em ti, no posto da tua aceitabilidade e não fora de ti. Não existe nenhum outro inferno do que aquele em ti, em não permitir o mundo para o outro.

O homem tem um posto para o Senhor, para que ele não tenha o posto diferente daquele que lhe é dado. Todas as posições que as pessoas ocupam são as posições de morte, mas apenas aquelas que o homem aceitasse são as posições da vida. O homem abre todas as posições possíveis, e deveria aceitar apenas uma – a posição do homem.

Quem que acha que pode criar conscientemente tudo o que vive, simplesmente está errado, porque com nada não podemos tocar o que é intocável, só com nossa permissão podemos abrir a porta ao todo o assim o posto do Senhor no homem.

Todos tem a sua própria consciência na tua permissão. Não toques a vida, a vida é autónoma como o corpo na tua alma – dês lhe um lugar e virá vivo em ti, vai contar a sua história e irá … mas sempre com a tua permissão voltará para ti.

O que é mais precioso por ti, é mais difícil dar a liberdade total, porque estás com medo de perdê-lo. Ao que realmente gostas abres totalmente o posto em si mesmo e se perderias isso, perderias tudo. E apenas quando estarias pronto para perder tudo em nome do que amas, isto vai ter o posto para entrar.

A tudo isso ao que tu completamente está a dar o posto em si,  começ a viver de forma independente e não precisa de preocupar-se que o mesmo vai apagar se tu o não impuser – assim apagam apenas os sonhos. A vida é segundo a tua permissão infinita e eterna, porque o dia pode morrer, mas o dia no dia mais. 


Pássaro não voa do sul através do espaço lá para o norte para sua casa,
o espaço está a correr em seu tempo através esta mesma para o ninho dela
e assim ela não precisa de sua própria infalibilidade, pois o seu ninho está a ditar o golo ao espaço.

Assim o homem em seu tempo dedicado como fosse o pásaro, vai encontrar o caminho de onde ele veio sob este sol para descer as asas eternas do caminho para lá.
 …

 

Comments are closed.